quarta-feira, 17 de setembro de 2014 12 comentários

Uma questão de perspectiva


a.                             b.
O blecaute             O blecaute
mais último:          mais íntimo:
   
rendição                 nem uma
incondicional        única palavra.
   
aos exércitos         O afeto
da tristeza.             fenece
   
No espelho            e nos seus olhos
dos seus olhos      de espelho,
   
fenece                    os exércitos
o afeto.                  da tristeza.


quarta-feira, 3 de setembro de 2014 14 comentários

Sem bis e sem depois


Encontrei você num fio de cabelo
seu em minha blusa de moletom
azul outro dia. Pensei de início
que era meu, até que o alcancei
para jogá-lo fora. Uma longa linha
de pálido vermelho que se estendia
para sempre, agarrando-se a mim até
o último segundo, a estática entre nós
praticamente irrompível, no intenso liame
que nos enlaçava como se só através
do toque um não se perdesse do outro.
Ao termo de seu comprimento,
o fio se viu livre de repente, e eu vacilei
por um ligeiro instante, reivindicando
um momento de luto, um esboço de lágrima, 

antes de lançá-lo ao vento. 

quarta-feira, 13 de agosto de 2014 16 comentários

Ciranda

                                
                              Quem aduz, induz;
       

    quem induz, conduz;                   quem conduz, deduz; 
                             
                              quem deduz, seduz;
                              

                              e quem seduz, aduz.

domingo, 3 de agosto de 2014 16 comentários

Ao rés do chão


O que me resta é tristeza,
adensada pelos cantos.
Um amargor de certeza
de ainda haver mais espantos.
Meus sorrisos e prantos
somam uma só estranheza –
não são demônios, nem santos:
sou eu, em minha inteireza.


 
;